quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Rocambole de carne moída com linguiça e bacon


Ai gente, podem me falar o que for... mas se eu não postar uma "gordicezinha" nesse blog, não serei eu! Esse rocambole ficou tão bom que não sei porque não o coloquei aqui antes... super saboroso, recheio cremoso, e rende bastante! Bora conferir? 

Rocambole de carne moída com linguiça e bacon
(rendimento: serve bem 6 pessoas em média)
  • 5 gomos de linguiça toscana fresca
  • 500g de carne moída (usei patinho)
  • 1/2 pacote de creme de cebola (caso queira uma opção mais saudável, você pode substituir o creme de cebola por 1/2 cebola picadinha + 1 ovo + farinha de rosca até dar ponto)
  • cheiro-verde à gosto
  • pimenta caiena à gosto (opcional)
  • sal à gosto (para testar o sal, coloque um pedacinho dessa massa na frigideira e assim que estiver dourada experimente)
Recheio
  • 150g de presunto magro em fatias
  • 200g de mussarela em fatias 
  • 1 cebola pequena em fatias finas
  • 1/2 caixinha de creme de leite
  • requeijão cremoso
  • bacon em cubos (à gosto)
  • orégano e temperos à gosto
Finalização
  • bacon em fatias finas para decorar (opcional)
  • molho barbecue para decorar (opcional)
Modo de Preparo

Retire a pele das linguiças e coloque-as num processador, ou desmanche com uma faca. Vá retirando o excesso de gordura que for encontrando.

Preaqueça seu forno na temperatura média (180°C), e numa tigela grande misture a linguiça e a carne moída com o 1/2 pacote de creme de cebola, cheiro-verde, pimenta e misture bem.

Verifique o sal, e se preciso coloque mais (pra verificar o sal eu coloco um pedacinho da mistura na frigideira para dar uma grelhadinha e experimento).

Na sua bancada, abra uma folha de papel alumínio (parte brilhante para cima) e espalhe nossa mistura de carne por cima, formando um retângulo grande, com cerca de 1cm de altura.

Por cima espalhe fatias de presunto, muçarela, cebola fatiada bem fininha, requeijão culinário, pedacinhos de bacon e salpique com temperos que preferir
(Eu também joguei mais um pouco de pimenta caiena por cima!)
Comece cuidadosamente a enrolar, com a ajuda do papel alumínio que ficou por baixo, mas com cuidado para não enrolá-lo junto.

Feche bem nas pontas, a fim de que o recheio não escape enquanto assa. 
Arrume as fatias finas de bacon por cima (esqueci da foto nessa etapa, mas tem foto abaixo ilustrando como ficou). Essa etapa é opcional, mas o bacon além de sabor dará um visual super bonito para seu rocambole. Em seguida, com o mesmo papel alumínio que estava por baixo da carne, enrole toda a carne e feche bem. Lembrando de deixar o lado brilhante do papel para dentro (em contato com o alimento). Asse por 45 minutos em forno médio (já preaquecido).

Passados os 45 minutos, retire a assadeira do forno e abra o seu rocambole com cuidado (sai um vapor bem quente!) e por cima pincele molho barbecue (pode ser catchup ou mostarda também).

Volte ao forno até ficar numa cor bem lindona. Aguarde uns 10 minutinhos para cortar e servir (os sucos voltarão para a carne e o queijo não irá escapar todo).

Bom apetite!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Tempero multi-uso caseiro (da Aninha)

Hoje venho com uma dica valiosa pra quem quer economizar tempo na cozinha sem perder um tiquinho de sabor, ou pra quem como eu, tem uma preguiiiiiiça de ficar picando alho e cebola a cada receita de arroz que for fazer... esse tempero pronto maravilhoso! A receita é da minha amiga Aninha (Ana Cláudia na Cozinha) e pode ter certeza que estará agregando muito sabor à seus alimentos, seja o nosso arroz e feijão de cada dia, o bife, filé de frango e o que mais você quiser. Rende pra caramba, tem uma ótima duração na geladeira (cerca de 2 meses) e também pode ser congelado.




Tempero pronto caseiro (da Aninha)

Ingredientes:
  • 1 quilo de alho descascado
  • 2 cebolas grandes
  • 10 cm de alho poró (não utilizei, pois não encontrei no dia)
  • 8 mini tomates 
  • Ervas frescas a gosto (usei salsinha, cebolinha, sálvia e manjericão)
  • 1 pimenta dedo-de-moça sem as sementes
  • 600g de sal, aproximadamente
Modo de preparo:
Bata no processador todos os ingredientes menos o sal (primeiro dei uma leve pulsada no alho e cebola, depois acrescentei as ervas, a pimenta e o tomate).  Você pode processar bastante para ficar uma pasta ou menos para ficar pedaçudinho. Eu deixei num "meio termo".
Depois em uma bacia, coloque tudo e misture o sal. 
Guarde em recipientes bem fechados na geladeira por até 2 meses. Se você não usa muito rapidamente, recomendo que separe em potinhos de menor tamanho e deixe-os no congelador ou freezer e vá descendo pra geladeira conforme precisar. Assim a duração será maior.

Maravilhoso para usar em qualquer tipo de refogado que quiser: arroz, feijão, legumes refogados, carnes, frango, peixes, etc. Para usar em refogados é apenas colocar na panela aquecida com um pouco de óleo e utilizar normalmente. E para temperar é só passar um pouquinho que já salga o necessário.
Como já possui sal em sua composição, você não precisa adicionar mais durante as preparações.



Mas agora... se você mora em Sorocaba e não quiser descascar 1kg de alho... entre em contato com a Aninha, pois ela vende essa delícia em potinhos de 250g, por um preço ótimo! 
Contato:
anaclaudianacozinha@gmail.com
Cel: (15) 991328593

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Pimenta recheada do Brisando no Pitadas de Sabor da Westwing!


Olha que legal!? A receita da pimenta recheada com queijo aqui do Brisando está essa semana no Pitadas de Sabor da Westwing! Lá você encontrará dicas para fotos de comida ainda mais deliciosas, sugestões de lugares e restaurantes imperdíveis para se conhecer e claro, receitas maravilhosas (dentre outras coisas)!


A Westwing é sinônimo de bom gosto para mim, e ser convidada para estar entre um seleto grupo de blogs e receitas neste especial é uma baita honra! Por isso, quem quiser conferir mais receitas delícia que estão por lá (inclusive a nossa, claro né?!), entre aqui e em seguida clique em Receitas ou clique diretamente aqui pra conferir todas as receitas e suas lindas fotos!

E não se esqueça, se você ama uma pimentinha e curte uma comida de boteco, não deixe de conferir nossa receita que está por lá!











quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Hamburguer com Aveia (e sugestão de preparo)




 Por conta dessa onda de "hamburguer gourmet", sei que muita gente pode cair matando em cima de mim pra falar:
"- MAS HAMBURGUER É SÓ CARNE!"
"- Isso é uma heresia!"
Mas a intenção aqui é sempre diversificar e ser contra o mimimi! Também faço hamburguer só com carne (e AMO), mas acontece que ganhei alguns pacotinhos de aveia (de vários tipos) e quis propor uma sugestão com mais nutrientes além da proteína da carne, e que além de ser uma boa ideia para servir para as crianças, rende que é uma beleza e pode ser mantida no seu congelador ou freezer por meses e salvar aquela hora da fome. Além de ser uma delícia, é claro!
Vem comigo que é sucesso :)

Hamburguer com aveia

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Fricassê de Frango super fácil


Começando o ano com pé direito, nada melhor que uma receita facinha, com ingredientes baratos e que geralmente encontramos em casa, e melhor ainda, uma delícia! Aqui vai uma versão super simples (aliás, tem como ser complicado?) do amado fricassê de frango! Ah, você pode usar sobras de frango assado ou peru (nada é impossível!).
Um Feliz Ano Novo para todos nós!


Fricassê de Frango Super Fácil
(serve de 3 a 4 pessoas)

Ingredientes
  • 1 peito de frango cozido e desfiado (temperado como preferir)
  • 1 lata de milho verde
  • 1 lata de azeitonas (mesma medida do milho)
  • 1 copo de requeijão cremoso
  • 1 lata de creme de leite
  • 1 cebola
  • 1 dente de alho
  • 1/2 pimenta dedo-de-moça sem as sementes (opcional)
  • muçarela fatiada à gosto (usei cerca de 100g)
  • Batata palha
  • sal e pimenta do reino à gosto

Modo de Preparo
Coloque o peito de frango para cozinhar com água e o caldo de galinha na panela de pressão. Depois de cozido desfie bem (eu coloquei no processador, mas ele ficou muito moído hehe). Reserve.
No liquidificador, bata o creme de leite, o requeijão, o milho, as azeitonas, a pimenta e um pouco de sal até formar um creme espesso e claro.
Acenda o forno para ir preaquecendo (forno médio, cerca de 180°C). Em uma panela, refogue a cebola e o alho em um fio de óleo até que fique transparente. Acrescente o frango já desfiado e misture bem. Nesse momento experimente o tempero e verifique se falta sal. Acerte se necessário.
Logo depois acrescente o creme do liquidificador no frango e mexa bem. Não precisa deixar por muito tempo. Apenas misture e desligue o fogo.

Coloque essa mistura em uma travessa, coloque o queijo e e leve ao forno por uns 10 minutos.
Deixe no forno até o queijo derreter!


Depois adicione a batata palha por cima e volte ao forno para dar uma leve gratinada. 
Sirva em seguida! Com um arroz e saladinha, não precisa de mais nada!

Bom apetite!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Aperitivo para o final de ano: Cheese Ball com Salame e Pistaches (Bola de cream cheese)


Acredito que no Natal, tão importante quanto os pratos principais (sim, nunca é só um prato né? Já reparou? kkk), são as entradinhas que antecedem a ceia, e nos encantam enquanto estamos esperando a hora de comer. Eu particularmente prefiro petiscar mais do que fazer aquele pratão de comida e depois morrer de tão cheia... e essa "Cheese Ball" é uma sugestão nossa para inovar no seu Natal. É muito simples de fazer, você pode ousar nos ingredientes e fazer a combinação que mais gosta. Ideia garimpada no Pinterest :) 


Cheese Ball com Salame e Pistaches (Bola de cream cheese)

Ingredientes
  • 300g de cream cheese
  • cerca de 150g de salaminho picado
  • sal e pimenta-do-reino
  • 1/4 de xícara de pimentões assados picados (opcional)
  • chutney de tomate e pimentão assado (opcional) - você pode adquirir falando comigo! Mande e-mail para contato@brisandonacozinha.com e peça o seu potinho :)
  • pistache descascado e picado grosseiramente
Modo de Preparo
Misture bem o cheam cheese com o salaminho já picado e coloque também o pimentão assado e picado. Misture tudo muito bem.
Numa tigelinha redonda envolta com plástico filme, coloque essa mistura toda ou como eu, coloque no meio colheradas de chutney de tomate e pimentão (que dará um toque agridoce à essa misturinha). Se quiser adicionar algo de seu gosto também pode (nozes, azeitonas, etc). 
Sempre termine com uma ultima camada do creamcheese temperado.
Com as pontas do plástico bolha faça um nó fechando bem a mistura de cream cheese e formando um formato mais arrendondado possível. Deixe na geladeira por pelo menos 6 horas.
Passado esse tempo, retire o plástico e envolva essa "bola" de cream cheese no pistache picado até que esteja totalmente envolto. Se não ficar muito redondo, vá ajeitando com as mãos nesse momento para que fique bem bonito.
Coloque no centro de um prato e envolva com biscoitinhos, torradinhas ou legumes em palitos (cenoura, pepino, salsão).

Para servir é só passar o biscoito ou torradinha pela bola de cream cheese e se servir! Ou para os mais desajeitados, uma espátula ajuda bem!




Feliz Natal e Feliz Ano Novo :)

sábado, 21 de novembro de 2015

Pimenta recheada com queijo (ou o que mais você quiser)


Toda vez que vou pra Jales, minha parada obrigatória é num bar chamado TNT Rock Beer, um local onde vamos para curtir um rockzim, cantar no karaokê às sextas-feiras (sim, eu amo karaokê), tomar uma cervejinha, e claro, comer a pimenta recheada com queijo que fazem por lá. Viramos até amigos dos donos :)
E essa pimenta virou a minha paixão desde a primeira vez que experimentei. A Lena (dona do bar) também faz de outros sabores, como bacalhau, carne seca dentre outras, mas eu, claro, sempre peço a de queijo (#aloka do queijo) e olha... é coisa de louco! Minha preferida! Mas como não estou sempre por lá, encasquetei que queria tentar fazer a mesma em casa e chegar num resultado parecido com o que como por lá... Aproveitei que encontrei umas pimentas bem grandes para comprar, e cá está o resultado! 

Pimenta dedo-de-moça recheada com queijo 

Ingredientes
  • Pimentas dedo-de-moça (as maiores que encontrar)
  • queijos da sua preferência ralados (usei mussarela, provolone e reino Palmyra)
para a massa:
  • 1 xícara de água
  • 1 xícara de leite
  • 1 colher (sopa) de margarina ou manteiga
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
  • sal à gosto (e/ou temperos secos que preferir)
  • pimenta do reino à gosto
para empanar:
  • 1 ovo + um pouco de água bem misturados
  • farinha de rosca (o quanto baste)
Modo de Preparo
Essa receita começa lá na hora em que você escolhe as pimentas no mercado ou quitanda. Escolha as maiores que encontrar, para que caiba bastante recheio. E de preferência, todas de tamanho parecido também. 
Pimentas já escolhidas, agora coloque uma luva ou saquinho plástico nas mãos (isso é MUITO IMPORTANTE, pois o ardor da pimenta pode "queimar" suas mãos e deixá-las ardendo pelo dia todo, sem contar que você pode coçar os olhos e o nariz com essa mão, e fica tuuuudo ardendo! kkk). 
Luvas à posto, abra a pimenta cuidadosamente com a pontinha da faca, no sentido longitudinal, sem abri-la totalmente. Apenas o suficiente para conseguir tirar suas sementes.
Com uma colherzinha pequena, retire as sementinhas e a membraninha, que é aquela parte branquinha que segura as sementes (ela também é muito ardida).

Agora devemos fazer outra etapa muito importante na nossa receita: branquear as pimentas: esse processo consiste em jogar as pimentas na água fervente, e logo que a água voltar a ferver, deixar por um minuto ali: 

logo em seguida colocar na água bemmm gelada (com bastante cubos de gelo), o meu gelo já havia derretido, mas a água ainda estava bem gelada. Repita esse processo de 3 a 5 vezes. 

Para o recheio usei uma mistura de 3 queijos que já tinha aqui em casa: usei o reino, provolone e muçarela. Use os que quiser, ou apenas um, ou outros recheios como carne moída (temperada e crua, linguiça fresca sem a pele, etc.)

Pegue a pimenta já branqueada (repeti o processo de branqueamento por 4 vezes) e vá recheando com o queijo e aperte bem. Recheie bem, mas não demais. Apenas o suficiente para encher a pimenta, mas ela ainda fechar e manter seu formato. 
Reserve. Se quiser facilitar o processo seguinte, coloque as pimentas no congelador separadas.

Agora iremos fazer uma massa cozida (estilo a de coxinha, risoles) para evitar que as pimentas estourem na hora de fritar, e também para facilitar o empanamento das mesmas. Anteriormente tentei só empanar as pimentas após recheá-las e o resultado não foi tão legal quanto esse que vou mostrar agora :)
É coisa bem rápida e sem complicação, olha só:
Coloque o leite, a água, a margarina e o sal/temperos na panela e coloque no fogo.

Misture a farinha de trigo com o queijo ralado, e assim que a mistura da panela levantar fervura, adicione essa farinha toda de uma só vez e com uma colher mexa bem sem parar.

Vá mexendo (hora de mostrar que tem "muque"!) até que a massa solte do fundo da panela e não esteja mais com muitos gruminhos.

Jogue a massa numa superfície fria e limpa e com a própria colher vá sovando-a, ainda bem quente para desfazer qualquer gruminho que soltar. Depois que der uma leve esfriada, dê uma sovada com as próprias mãos. Essa parte da sova é muito importante para que a massa não crie rachaduras e estoure na hora de fritar.

Com um rolo, abra a massa na espessura de 0,5cm (para não grudar coloque um plástico por cima da massa).
Com um copo ou cortador redondo vá cortando a massa na quantidade de pimentas que você tiver (se sobrar massa, faça risoles ou bolinhas de queijo :) ).

Peque cada disco de massa e com as mãos abra um pouco mais até que fique num formato mais oval. Ainda com a massa aberta na mão, pegue a pimenta e coloque-a com a parte aberta (do recheio) para baixo, para que ela esteja completamente coberta de massa. (esqueci de fotografar essa etapa)

Feche bem e vá retirando o excesso de massa. Certifique-se de que ficou tudo bem fechadinho, e deixe o cabinho de fora para dar um charme. Faça isso com todas pimentas que tiver. Eu fiz com 20 pimentas relativamente grandes e ainda sobrou massa.

Agora é a hora de empanar. Misture bem um ovo grande com um pouco de água, passe as pimentas e em seguida passe na farinha de rosca. Apenas uma vez é suficiente. Se quiser pode temperar tanto a farinha de rosca quanto o ovo.

Olha que coisa maravilhosa nossas pimentinhas já prontas para serem fritas:
Se desejar congelá-las, coloque-as separadas numa assadeira e leve-as abertas ao freezer ou congelador. Assim que estiverem bem congeladas, coloque-as em saquinhos fechados. Dura uns 3 meses congelado. Assim que quiser comer, é só retirar e fritar em óleo quente até dourar. 

Se fritar as pimentas ainda congeladas, após retirar do óleo espere alguns minutinhos para comer, pois senão ainda estarão geladas por dentro. Ao esperar um pouquinho, o calor de fora vai passando pra dentro e termina de derreter o queijo (mas ele não fica tããão derretido - vide foto)
Se não estiverem congeladas, apenas frite até dourar e sirva! Só cuidado para não queimar a língua com o queijo toooodo derretido!

Bom apetite! Se gosta de comidinhas de buteco  e de pimentas, não deixe de testar em casa!
E reiterando, não fica nem um pouco ardido, pode até acompanhar com um molhinho de pimenta! (só perto do cabinho que pode estar levemente picante, mas muito pouco).

Compartilhe!

Você também poderá gostar de...

Related Posts with Thumbnails